sexta-feira, 9 de julho de 2010

De Espanha, nem bom vento, nem bom balneário!


Desde o tempo de escola que nunca fui grande apreciador de História mundial. Apesar disto, sempre me preocupei em saber o mínimo dos mínimos sobre o tão falado passado. Uma das coisas que tenho conhecimento e a qual depreendo que todos os que neste momento lêem esta crónica também saberão, é o facto de que, há uns séculos, vivia-se em Monarquia e neste regime ninguém estava acima de um Rei ou de uma Rainha. Eram Deuses na terra e ninguém punha tal facto em causa.

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades...

Nos dias de hoje, diversos países optam por regimes monárquicos, nos quais, os monarcas têm um peso importante mas muito longe do que se vivia antigamente.

Vejamos estas imagens do vídeo que se segue para provar esta afirmação:





video


Para uns pode ser chocante, mas para a maioria, esta será apenas mais uma modernice dos nossos dias.
Não é todos os dias que vemos uma Rainha entrar num balneário cheio de roupa suja no chão e de homens suados até ao osso. Este é o cenário visual, visto que, quanto à vertente olfactiva, garanto-vos que devia estar impregnado aquele cheiro a virilhas mal lavadas misturado com lixívia tão caracteristico de um balneário depois de qualquer jogo de futebol...

Mas Sua Majestade não se atrapalha e apesar de ter tropeçado umas três vezes na roupa suja, toca a dar apertos de mãos "a sus chiquititos" com um sorriso nos lábios e a respirar o menos possível para não lhe entrarem virilhas mal lavadas pelas narinas, salvo seja!!

É um gesto muito nobre o da Rainha, agora, apesar de não querer ser má língua, outra certeza que tenho é de que os "chiquititos" coçaram a tomateira minutos antes e não lavaram "lás pátinhas" (mãos)... Ups.. perdão.. neste momento escrevia como se fossem só homens a ler este meu artigo! Como acredito que não, passo a explicar às meninas este fenómeno... depois do Macho fazer desporto, nada melhor do que ir o caminho do balneário a "jogar ao berlinde", se as meninas bem me entendem.. ;-) Este acto masculino, traz-nos diversos benefícios. Inicialmente, dá-nos uma sensação de "descolamento", de seguida, proporciona uma oportunidade para lavar as mãos no próprio suor e tirar restos de relva que tenham ficado nos dedos. Por fim, e mais importante de tudo, é um acto de Macho com um "mê" grande e aumenta exponencialmente a nossa taxa de masculinidade...



Voltemos então ás imagens onde vemos os "chiquititos" todos contentes a espalhar magia na mão de Sua Majestade como se estivessem a cumprimentar um árbitro, ou pior, um juiz de linha da terceira divisão B... Eu sei que eles até estavam cansados, mas, alguém lhes podia ter dado um breifing de como cumprimentar uma Rainha!! Vá lá que não houve nenhum a lembrar de dar a chapadinha no rabo e cuspir para o chão como fazem entre eles na própria manada...

Notem que não se lembraram disto, mas, o pior estava para acontecer.. Vejam o vídeo que se segue com muita atenção, no qual, Sua Majestade se depara com um momento que pensei que só aconteceria daqui a uns 100 anos tendo em conta a evolução das "modernices"...

falamos mais tarde.. agora vejam...






video


Pois é!!

Quem diria que passados apenas uns 150 anos, altura na qual, ninguém tinha acesso a uma Rainha, iríamos assistir a um homem mascarado de caniche a dar um bacalhau à sua Rainha somente de toalhinha à volta da cintura! E para ajudar à festa, Sua Majestade não perde tempo nenhum com o resto da manada, mas, quando chega ao caniche fica parada à frente do mesmo a tocar castanholas como que a pedir para o "chiquitito" dançar umas sevilhanas...

Não sei de quem foi a falha, o que sei, é que estas palminhas de Sua majestade deixaram o "chiquitito" tão incomodado, que este, para culminar este momento tão protocolar, vira as costas a Sua Majestade e pira-se até ao cacifo onde deve ter ido buscar o gel de banho para lavar os "berlindes" que apesar de mais arejados, ainda deviam estar a largar pinguinhas de suor pelas pernas abaixo! É um acto de grande cavalheirismo e nobreza sem qualquer dúvida..



Caso para afirmar que esta é a prova de que o futebol é sem dúvida desporto Rei, jogado por gente tão nobre. :-P



Eh verdade.. peço-vos a vossa ajuda para me esclarecerem se estarei enganado quando julgo ter visto o Rei ( do lado esquerdo do caniche de toalhinha) todo contente a bater palminhas enquanto se arriscava a ver a sua prezada mulher cumprimentar um homem todo "pélado"?? Não acredito que seja, mas, que é parecido, isso não haja dúvida!!

Para as meninas que me vão ajudar neste esclarecimento, fica um bónus em relação ao mundo do Macho com "mê" grande... 98% dos homens após fazerem aquele "jogo do berlinde" a caminho do balneário que vos falei à pouco, praticam outro gesto no qual, damos uma pequena cheirada nos dedos para sentir se jogámos muito ou não.. É uma técnica olfactiva que se vai apurando ao longo dos anos. Notem que este gesto já é discreto, dado que, se for visto pode baixar a taxa de masculinidade! ;-)


3 comentários:

  1. Está DEMAIS Fred .... não consigo parar de rir, well Done !

    Beijo

    Manu

    ResponderEliminar
  2. Só tu Fred! Muito bom! Já me tinha perguntado se o caniche tinha noção da figurinha que fez! Uma beijoca Deborah

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigado por esta pérola! Já me alegraste a segunda feira!
    Grande abr!

    ResponderEliminar